There are no translations available.

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Modelagem Matemática e Computacional tem o prazer de convidar a comunidade científica para a 189ª sessão pública de apresentação e defesa da dissertação de Mestrado:

CANDIDATO: HUMBERTO PEREIRA DE ALMEIDA

TÍTULO:

“Reconhecimento de áreas de mineração a céu aberto utilizando o sensoriamento remoto e imagens do satélite CBERS-2B: estudo de caso de localização de minas no município de Nova Lima/MG”

BANCA EXAMINADORA

TITULARES:

 

Profª. Drª. Maria das Graças de Almeida (Orientadora)

CEFET-MG

Prof. Dr. Magno Meirelles Ribeiro (Coorientador)

CEFET-MG

Prof. Dr. João Francisco de Almeida Vitor

CEFET-MG

Profª. Drª. Cristiane Valéria de Oliveira

UFMG

LOCAL:

Auditório do Prédio 17 – Sala 101, Campus II, CEFET-MG

Av. Amazonas, 7675 - Nova Gameleira

DIA:

26 de agosto de 2014 - Terça-feira

HORA:

14h

RESUMO:

Neste trabalho mostramos técnicas para o reconhecimento de áreas de mineração a céu aberto utilizando o sensoriamento remoto e as imagens do satélite CBERS-2B, assim como uso e ocupação do solo no município de Nova Lima-MG no quadrilátero ferrífero no ano de 2009 usando os sistemas sensores orbitais que operem nas faixas espectrais do visível e infravermelho próximo. Os algoritmos de classificação automática supervisionada Bhattacharrya e não supervisionada Isoseg foram utilizados para classificar as imagens do sensor CCD, para posterior, análise visual destas imagens, análise de coloração do solo, mapeamento e verdade terrestre. As técnicas de sensoriamento remoto foram sem dúvida o principal fator de sucesso para o reconhecimento de áreas de mineração a céu aberto no município de Nova Lima-MG, além dos conhecimentos adquiridos em trabalho de campo realizado na região de estudo com o auxílio da Pedologia. A pesquisa foi realizada em um ambiente SIG com aquisição das imagens do município, criação de um banco de dados destas imagens, processamento, classificação e análise dos resultados utilizando o SPRING/INPE.

Palavras-chave: Uso e Ocupação do Solo, Quadrilátero Ferrífero, Mineração a céu aberto, SIG, CBERS-2B, SPRING, Pedologia.

Belo Horizonte, 18 de agosto de 2014.


Prof. Dr. Rodrigo Tomás Nogueira Cardoso

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em

Modelagem Matemática e Computacional

 
There are no translations available.

CONVITE PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Modelagem Matemática e Computacional tem o prazer de convidar a comunidade científica para a 185ª sessão pública de apresentação e defesa da dissertação de Mestrado:

CANDIDATO: RAPHAEL BAMBIRRA SILVA

TÍTULO:

Simulação da dinâmica de vetores de doenças infecciosas utilizando um modelo multiagentes baseado em autômatos celulares estocásticos

BANCA EXAMINADORA

TITULARES:

 

Prof. Dr. Henrique Elias Borges (Orientador)

CEFET-MG

Prof. Dr. Paulo Eduardo Maciel de Almeida (Coorientador)

CEFET-MG

Prof. Dr. Allbens Atman Picardi Faria

CEFET-MG

Prof. Dr. Marcelo Carvalho de Resende

FUNASA

LOCAL:

Auditório/Sala 401 do Prédio 17, Campus II, CEFET-MG

Av. Amazonas, 7675 - Nova Gameleira

DIA:

22 de agosto de 2014 - Sexta-feira

HORA:

9h 30min

RESUMO: Atualmente, vetores são protagonistas do processo de disseminação e transmissão de várias doenças nas quais são casos importantes de saúde pública em diversos países. Os estudos dos comportamentos populacionais e da dinâmica populacional dos vetores, utilizando modelos matemáticos e computacionais, estão contribuindo fortemente para a simulação e planejamento do controle populacional desses agentes transmissores. Neste trabalho, para contribuir com estudo sobre o controle populacional desses vetores,  propomos e estudamos: Um modelo matemático computacional multiagentes implementado por meio de autômatos celulares estocásticos, que tem como intuito facilitar a experimentação e simular de forma mais próxima da realidade a dinâmica populacional de vetores. Modelos determinísticos não apresentam comportamentos emergentes e são bastante simplificados, dada a sua complexidade de resolução numérica. Estudar as dinâmicas populacionais em modelos baseados em agentes, permite uma gama maior de taxas e parâmetros, uma aproximação maior da simulação com o sistema físico e podem resultar, a partir da iteração recíproca entre os agentes e o meio, em comportamentos emergentes.  Implementamos o modelo em MATLAB e geramos uma GUI (Graphical User Interface) para acompanhamento visual da evolução da simulação. Para verificar o comportamento do modelo, comparamos os resultados de três cenários hipotéticos entre simulações do modelo proposto com os resultados advindos da solução do sistema determinístico de  Yang e Esteva(2005). Os resultados se mostraram qualitativamente equivalentes, o que nos leva a crer que o modelo de simulação proposto reproduz a dinâmica temporal do modelo baseado em equações diferenciais.

PALAVRAS CHAVE: Dinâmica de epidemias. Dinâmica populacional de vetores de doenças. Sistema multiagentes.  Autômato celular estocástico. Propagação da dengue.

 

Prof. Dr. Rodrigo Tomás Nogueira Cardoso

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em

Modelagem Matemática e Computacional

 
Editores